Cozinhando alimentos no vapor

Cozinhando alimentos no vapor
Cozinhar no vapor conserva os nutrientes dos alimentos, principalmente as vitaminas e os minerais e diminui o valor calórico da preparação. Um método muito simples que pode ser incorporado no seu dia-a-dia.

O que você vai precisar?

Não é necessário uma panela especial para cozinhar no vapor. É possível improvisar com peneiras de alumínio ou de inox, escorredor de macarrão, ou cestos, desde que tenham orifícios que permitam a passagem do vapor. Para que o cozimento seja mais rápido, o recipiente com os alimentos deve ajustar perfeitamente na panela com a água.

Se você for adotar este método de cocção vale a pena ter um utensílio apropriado ou os equipamentos elétricos, fáceis de usar e lavar e de custo acessível. Existem panelas próprias para o cozimento no vapor com duas camadas, ou seja, há duas cestas, nas quais os alimentos são colocados, que se encaixam perfeitamente. Quase todas têm tampa transparente para controlar o cozimento. Outra opção é a wok com cesto de bambu, comum nos países orientais.

Para cozinhar no vapor os alimentos, sem perder sabor, siga os passos abaixo:

1. Prepare os alimentos, tempere e arrume-os em um cesto.

2. Os alimentos devem ser colocados com cuidado no cesto, sem pressioná-los, permitindo a circulação do vapor.

3. A parte de baixo da panela deve conter de 3 cm a 5 cm de água, exceto quando os equipamentos já têm a indicação do volume de líquido a ser adicionado.

4. Para dar mais sabor à preparação, a água pode ser temperada com ervas, gengibre, alho, folhas de louro ou especiarias. A água do cozimento pode ser aproveitada para preparar molhos, caldos para sopas e cozinhar grãos. Pode-se usar sucos, vinhos e leite para substituir a água do cozimento.

5. Arrume o cesto com os alimentos na panela com água de moda a encaixar perfeitamente. A principal regra do cozimento à vapor é não deixar o alimento tocar na água durante a cocção.

6. Feche a panela hermeticamente para evitar a perda de vapor, mantendo o aroma, cor e consistência do alimento.

7. O ideal é colocar o cesto com os alimentos quando a água já começou a ferver. De preferência, reduza o fogo durante o cozimento.

8. Evite abrir a panela durante o cozimento para não interromper a circulação do vapor e, conseqüentemente, o processo de cocção.

9. Corte os alimentos em pedaços semelhantes e não muito grandes para que o cozimento seja rápido e uniforme.

10. Se for cozinhar mais de um tipo de legume, selecione os de textura semelhante para cozinharem no mesmo tempo.

11. Mantenha uma chaleira com água fevente para completar a água, se necessário. Adicionando água quente não diminuirá a temperatura.

Os legumes mais indicados para o preparo no vapor são: couve-flor, brócolis, nabo, couve-de-bruxelas, salsão, alho-poró, aspargo, cenoura, pimentão, cebola e batata (de preferência, cozinhe com a casca). Não se indica o cozimento do tomate no vapor pela sua elevada quantidade de água que se perde com o cozimento, resultando em uma preparação sem sabor.

Fonte: Revista Água na Boca

Artigos relacionados:
» Como cozinhar a vapor na panela de pressão
» Cozinhar a vácuo mantém os nutrientes dos grãos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...