Frutas e verduras também podem ser usadas para retardar o envelhecimento

Por Thamires Andrade

Quando se fala em retardar o envelhecimento muita gente pensa logo em cremes e procedimentos estéticos. Mas a alimentação também tem papel fundamental para manter o corpo jovem. "Algumas frutas e verduras previnem o envelhecimento e protegem as células contra o sedentarismo e hábitos não muito saudáveis do dia a dia", explica Thabata Martins, nutricionista do Zahra Spa & Estética.

Enquanto alguns alimentos agem como regeneradores e podem até prevenir doenças graves, como câncer, outros também ajudam a manter a pele mais firme e evitar rugas.

Conheça os alimentos que retardam o envelhecimento:

Açaí - Sua polpa é um ótimo energético natural para a prática de esportes, sem contar que é rica em fibras, que garante o bom funcionamento do intestino. "O açaí também tem vitaminas como B1, B2 e C, que evitam que a imunidade caia, o que é essencial para quem começa a envelhecer". Como possui muitas calorias, o consumo ideal é limitado, de 100 a 150 g uma vez por semana.

Morango - Tem poderosos antioxidantes, como a antocianina, um flavonoide com ação imunoestimulante, excelente para o sistema circulatório. "Ele inibe coágulos nos vasos sanguíneos e evita problemas cardíacos". Outro antioxidante presente na fruta é o ácido elágico, responsável por prevenir alterações celulares causadas pelos radicais livres, que podem levar ao câncer e a outras doenças degenerativas. O morango também é fonte de licopeno, substância que confere a cor vermelha às frutas e tem importante papel na prevenção de câncer, especialmente o de próstata. "A pessoa pode consumir oito unidades por dia quando for a época da fruta para poder contar com os benefícios de seus nutrientes", recomenda.

Amora - É uma importante fonte de silício, mineral responsável por estimular as proteínas de sustentação, como o colágeno e a elastina. "São essas proteínas que dão firmeza e tonicidade à pele, por isso a fruta favorece o rejuvenescimento". Por conter bastante potássio, ela também tem sido usada como tônico muscular nas práticas esportivas. "Pra completar, ela ainda tem boas doses de pectina, fibra solúvel que mantem a sensação de saciedade por mais tempo e regula a absorção intestinal do açúcar, equilibrando as taxas de glicose", explica a nutricionista. O certo é consumir três colheres de sopa cheias ao dia.

Kiwi - A fruta contém duas vezes mais vitamina C, que ativa o metabolismo e reforça o sistema imunológico e cardiovascular, do que a laranja. "Por dar energia, o ideal é consumir duas unidades por dia entre manhã e tarde", aponta a nutricionista. A fruta também é considerada um ansiolítico natural, útil no combate da depressão e da ansiedade, que contribuem para o envelhecimento. "Sem contar que por quase não conter sódio e ter muito potássio, o kiwi ajuda a regular a pressão arterial e evitar a fadiga", completa.

Aveia - É um alimento rico em proteína, vitaminas e fibras, dentre elas a beta glucana, uma fibra solúvel presente nos farelos que contribui para o processo digestivo. "Por serem hidrossolúveis, elas tem a tendência de formar soluções viscosas, como géis, ao entrar em contato com a água, o que faz com que a sensação de saciedade se prolongue por mais tempo". A recomendação é consumir três gramas de fibras solúveis ao dia para reduzir os riscos de doenças coronárias, pois elas ajudam a reduzir os níveis de colesterol no sangue.

Espinafre - De acordo com estudo publicado no Journal of Nutrition, o espinafre tem carotenóides que ajudam a combater o câncer de próstata. "Uma xícara de folha de espinafre é uma boa fonte de vitamina C e A, que, além de ter ação antioxidante e proteger as células do envelhecimento, ajudam a prevenir complicações como ataques cardíacos", explica Thabata. Os nutrientes do espinafre também são indicados para tratar males como osteoporose e artrite reumatoide. "O magnésio e a riboflavina, por sua vez, são nutrientes presentes no espinafre indicados para reduzir as crises de enxaqueca".

Framboesa - A fruta é rica em fibras solúveis que ajudam a eliminar gorduras e melhorar os níveis de colesterol no sangue. "A framboesa reduz as chances de ter doenças cardíacas, além de fazer uma verdadeira faxina no organismo, pois retira os metais e toxinas indesejáveis". O manganês, mineral presente na fruta, é responsável por desenvolver os ossos, melhorar a saúde dos nervos e normalizar os níveis de açúcar na corrente sanguínea. A nutricionista indica que o consumo ideal é de três colheres de sopa cheias diariamente.

Alho - Contém componentes anti-inflamatórios e antioxidantes, que impedem que as células sejam alteradas pelos radicais livres. "A melhor opção para conseguir obter esses nutrientes é comer meio dente de alho cru todos os dias. Quem preferir aquecê-lo deve aumentar a quantidade para quatro dentes e meio para obter a mesma quantidade de nutrientes", explica a nutricionista.

Brócolis - O legume tem quantidades significativas de cálcio, fero e outros minerais, além de ter poucas calorias. "Nos últimos 20 anos, diversos estudos apontam que comer brócolis diminui a incidência de câncer de cólon, mama, colo de útero, pulmões, próstata, esôfago e laringe, pois substâncias presentes no legume bloqueiam a evolução dos tumores". O alto teor de antioxidantes faz com o alimento ajude a proteger as células, além de ser um laxativo natural.

Tomate - A fruta contém licopeno, substância antioxidante capaz de minimizar os riscos de ataque cardíaco. "Ele impede que o LDL (colesterol ruim) oxide e forme placas de gordura no sangue". Entre os efeitos benéficos da fruta, estão a redução de 34% do risco de câncer de próstata e a prevenção à osteoporose em mulheres no período pós-menopausa quando a fruta é ingerida duas vezes por semana.

Mamão - O mamão contém a papaína, que é uma enzima com efeito regenerador responsável por quebrar outras enzimas para ajudar na digestão. "Meio mamão por dia no café da manhã ajuda o bom funcionamento do intestino e também uma melhor absorção de vitaminas e nutrientes para o corpo", conta Thabata.

Jabuticaba - A fruta protege e estimula a reparação dos tecidos ricos em colágeno, a principal proteína responsável por manter a pele firme. "Consumir uma vez por semana de oito a 10 unidades de jabuticaba auxilia no combate às rugas quer surgem conforme a idade se avança", destaca Thabata Martins, nutricionista do Zahra Spa & Estética. Mas ela alerta que a fruta deve ser lavada apenas antes do consumo. A pectina presente no alimento também ajuda na perda de peso, pois ajuda a reduzir a velocidade com que o corpo absorve os alimentos e deixa a sensação de saciedade por mais tempo.

Cenoura - É um antioxidante que ajuda a manter a pele saudável e previne alguns tipos de câncer, como o de pulmão. "Comer cenoura diminui o LDL (colesterol ruim) do sangue e protege as artérias". Ela também recomenda o vegetal para quem tem anemia. "Ela tem quantidades expressivas de vitamina A, C, B2 e B3 e minerais, como cálcio, potássio e fósforo", explica ela. A nutricionista recomenda que a cenoura seja consumida crua, pois dessa forma ela não perde nenhuma de suas propriedades nutricionais.

Fonte

2 comentários:

  1. Adorei a matéria. Estou na área da saúde e essas dicas irei divulgar em meu site.
    Ótima matéria ! Isso é relevante de se ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Carmen... Abraço!

      Excluir

Obrigada por visitar o Cantinho Vegetariano e deixar um comentário... Tentarei responder o mais breve possível.

Atenção!!!

Comentários com links não serão aceitos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...